IRB, CSN e CSN Mineração lideram altas do Ibovespa

Pedro Augusto Flores 20 de Dezembro, 2022

O Ibovespa apresentava alta de 1,10%, a 105.893 pontos às 10h30 (de Brasília) desta terça-feira, 20. IRB (BVMF:IRBR3), CSN (BVMF:CSNA3) e CSN Mineração (BVMF:CMIN3) lideravam as altas, enquanto Qualicorp, Ambev (BVMF:ABEV3) e Energisa apresentavam piores baixas do índice.

Veja as notícias corporativas

Petrobras (BVMF:PETR4) — Assinou acordos de leniência com as multinacionais Keppel Offshore & Marine e UOP LLC. Além disso, aprovou o encerramento de um processo competitivo para venda da totalidade de suas ações na Araucária Nitrogenados, que fica no Paraná. As ações PN subiam 0,98%, a R$22,58.

Randon (BVMF:RAPT4) — Resultados preliminares mostram que a receita líquida consolidada foi R$274,6 milhões em novembro, uma elevação de 12% na comparação anual. No acumulado até final de novembro, o montante foi de R$10,21 bilhões, 23,4% acima do registrado no mesmo período do ano passado. Os papéis PN tinham alta de 1,07%, a R$8,52.

BMG (BVMF:BMGB4) — O banco e suas afiliadas, com a Generali (BIT:GASI) Brasil Seguros, assinaram um aditivo ao contrato de distribuição, que estabelece o cosseguro entre MG Seguros, Vida e Previdência e Generali, na proporção de 40% e 60%, respectivamente, para todos os produtos distribuídos nos canais BMG e operados pela Generali. As ações preferenciais apresentavam valorização de 0,89%, a R$2,27.

Tenda (BVMF:TEND3) — Anunciou guidance para 2023, com projeção de margem líquida ajustada entre 24% e 26%, assim como vendas líquidas entre R$2,7 bilhões e R$3 bilhões, conforme faro relevante. Os papéis subiam 2,23%, a R$4,12.

Aliansce Sonae (BVMF:ALSO3) e Br Malls  (BVMF:BRML3) —  As companhias anunciaram que os Conselhos de Administração deliberaram sobre o termo de fechamento da operação de combinação de negócios, que será consumada em 6 de janeiro, quando os acionistas da BR Malls devem receber papéis da Aliansce Sonae. As ações tinham alta de 0,81%, a R$16,18.

Wiz (BVMF:WIZS3) — Celebrou a aquisição de participação societária correspondente a 23,995% da Wiz Conseg Corretora de Seguros, em operação de R$3 milhões. Os papéis subiam 1,91%, a R$7,46.

Fras-Le  (BVMF:FRAS3) — Teve receita líquida consolidada de R$252,5 milhões em novembro, contra R$255,9 milhões em outubro. O indicador alcançou R$2,81 bilhões no acumulado do ano, segundo  informações preliminares e não auditadas. As ações apresentavam valorização de 1,31%, a R$10,08.

Itaú (BVMF:ITUB4) — Anunciou a executiva Marina Bellini para o comitê executivo e para o grupo de sócios do banco. Os papéis subiam 1,20%, a R$8,41.

Rede d’or (BVMF:RDOR3) — A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) aprovou a compra da seguradora SulAmérica pelo grupo. No entanto, a ANS impôs restrições em relação à Qualicorp (BVMF:QUAL3), da qual a Rede D'Or possui fatia de cerca de 29%. As ações tinham alta de 1,19%, a R$26,44.

Gol (BVMF:GOLL4) — Conforme informou ontem, apenas alguns voos sofreram atrasos com paralisação de funcionários, mas todos foram operados. Os papéis PN subiam 1,60%, a R$6,36.

Energisa (BVMF:ENGI4) — Comunicou aos clientes e ao mercado que projeta investimentos de R$29,5 bilhões até o final de 2026, segundo fato relevante. As ações preferenciais recuavam 0,94%, a R$7,39.

Saraiva (BVMF:SLED4) — O Conselho de Administração aprovou proposta da administração para deliberação de temas sobre aumento de capital na Assembleia Geral Extraordinária da Companhia (AGE), que será convocada para acontecer no dia 10 de janeiro, às 7h. Os papéis estavam estáveis.

Hermes Pardini (BVMF:PARD3) — Aprovou a declaração e o pagamento aos acionistas de juros sobre o capital próprio (JCP) no valor bruto total de R$16,39 milhões. O pagamento dos proventos será realizado no dia 03 de janeiro de 2023 com base na posição acionária em 22 de dezembro. As ações subiam 0,57%, a R$21,16.


Fonte: Investing (Jessica Bahia Melo)

Compartilhe

Facebook
Instagram
Whatsapp
Telegram