Fed vai causar mais danos à economia global, segundo Paul Krugman

Pedro Augusto Flores 14 de Setembro, 2022

O Federal Reserve sinalizou que manterá uma política monetária rígida até que a inflação seja controlada, mas o domínio do dólar também significa que o banco central dos EUA pode causar muito mais danos à economia global do que outros bancos centrais, alertou economista Paul Krugman, economista norte-americano, vencedor do Nobel de Economia de 2008.

A impressionante alta do dólar este ano é amplamente explicada pelo aperto da política monetária do Fed.

Grande parte disso, diz Krugman, é porque o dólar sempre foi uma moeda dominante, dificultando sua queda no mercado cambial. Embora os Estados Unidos respondam por cerca de 25% do PIB global hoje – abaixo dos 40% em 1960 – ainda é mais conveniente que o comércio global seja realizado em dólares.

"Uma vez que uma moeda estabeleceu o domínio global, esse domínio tende a se autoperpetuar. Fazer negócios em dólares é mais barato porque muitas outras pessoas estão usando dólares; tomar empréstimos em dólares tende a ser mais barato porque grande parte do comércio mundial é faturado em dólares, e o baixo custo de financiamento incentiva o faturamento em dólares".

Essa tendência também pode ser observada em dívidas e ações: a maior parte da dívida global é denominada em dólares, e as ações dos EUA tendem a ser mais acessíveis aos investidores internacionais do que as ações europeias, sendo as ações da zona do euro divididas por país.

Isso explica a enorme influência do dólar nos balanços de outros países – e levou alguns economistas a argumentar que o Fed deve considerar a saúde da economia global ao fazer aumentos de juros.

IPC: Núcleo da inflação dos EUA em agosto acelera e vem acima do esperado

"Eu não acho que o Fed vai ouvir - ainda. As autoridades do Federal Reserve ainda estão muito preocupadas com a possibilidade de uma alta inflação tomar conta da economia dos EUA, e essa preocupação dominará todo o resto, desde que não haja sinais de um declínio na inflação subjacente".


Fonte: Investing

Compartilhe

Facebook
Instagram
Whatsapp
Telegram


Oua "Dado Mercantil".

FECHAMENTO DE MERCADO - 30/09/2022

Jacson Boing 30 de Setembro - 2022

FECHAMENTO DE MERCADO - 29/09/2022

Jacson Boing 29 de Setembro - 2022

Ibovespa opera em queda

Pedro Augusto Flores 29 de Setembro - 2022

Os preços do petróleo

Pedro Augusto Flores 01 de Agosto - 2022