Ações da Tesla tombam 6%

Pedro Augusto Flores 03 de Maro, 2023

O "Investor Day" da Tesla deste ano não agradou aos investidores da fabricante de automóveis, tendo levado a um tombo das ações em bolsa.

O CEO da fabricante de automóveis elétricos fez uma apresentação de quatro horas sobre os planos da empresa para os próximos meses. Contudo, a falta de um anúncio sobre um carro mais acessível resultou numa queda de mais de 8%, tendo as ações chegado a valer 186,01 dólares. Entretanto, o tombo amenizou ligeiramente, e os títulos seguem agora a ceder 5,96% para 190,06 dólares. 

A gigante norte-americana anunciou um corte de 50% na próxima geração de carros, mas a falta de detalhes e o "timing" de novos modelos deixou os investidores descontentes.


Entre os planos anunciados por Musk, estão também investimentos numa nova fábrica no México. 

Segundo a Bloomberg, os investidores viram as suas expectativas defraudadas, uma vez que muitos esperavam o anúncio de um "Modelo 2" a preços mais baixos ou até versões renovadas dos Modelos 3 e Y.

O ano de 2022 foi especialmente complicado para a Tesla, que perdeu valor em bolsa à custa da compra do Twitter por Musk. Contudo, essa tendência parece ter invertido este ano, com a empresa a somar já um crescimento de mais de 54% desde o início do ano, tendo uma capitalização bolsista de 603.109,6 milhões de dólares.

Na passada semana, Elon Musk recuperou o título de homem mais rico do mundo no índice de multimilionários da Bloomberg - posição que perdeu no final do ano passado para Bernard Arnaut, presidente do grupo francês dono da Louis Vuitton.

Na altura em que regressou ao pódio, o património líquido do multimilionário ascendia a 187,1 mil milhões de dólares.


Fonte: Redaçâo

Compartilhe

Facebook
Instagram
Whatsapp
Telegram